Páginas

terça-feira, 16 de fevereiro de 2021

Kaifuku seria o inicio de uma série de animes extremamente pesados?

Há alguns anos,  o Yosuga no Sora era considerado o maior anime ecchi ( com cenas e assuntos mais picantes), recentemente surgiu o ishuzoku reviewers, deixando a acreditar que o Japão tinha chegado ao limite do ecchi, visto que mais pesado do que estes só se fosse hentai, até este ano, onde chegou o anime que teve sua grande fama pelo seu segundo episódio, bastante polemico.


Kaifuku Jutsushi no Yarinaoshi é um anime de vingança, isso o levou a ser comparar ao Tate no Yūsha no Nariagari (The Rising of the Shield Hero), no entanto, Kaifuku Jutsushi no Yarinaoshi vem a ser muito mais pesado tanto em gore (cenas de violência/sangrentas), quanto ecchi. 

Sinopse: a história se passa no mundo medieval de fantasia, onde o protagonista Keyaru, que é o herói da cura (healer), passa anos sendo torturado e mal tratado de forma psicológica, sexual e física. E quando volta no tempo da início a sua vingança.

Essa obra em si não tem nada grandioso em seu enredo, mas pode ser um preludio de uma sequência de animes tão pesados quanto este.

Shuumatsu no harem (World End Harem)

Sinopse: Após o ataque de um vírus que eliminou 99,9% dos homens do mundo, Mizuhara Reito, esteve em um sono criogênico por nove anos e ao acordar se torna o único homem do mundo, porém não aceita sua missão de repovoar o mundo, visto que é fiel a sua amada Tachibana Erisa.



Isekai Meikyuu de Harem (Slave Harem in the Labyrinth of the Other World)

Sinopse: um homem estava prestes a cometer suicídio e procurando formas pela internet encontra um site estranho que acaba levando ele para outro mundo, onde existe escravos e ele acaba comprando uma garota-cachorro (obs: essa obra só é pesada devido a grande intimidade do protagonista com a garota-cachorro).


Atualmente apenas kaifuku tem anime que está passando nessa temporada, mas já foi confirmado que terá uma adaptação para anime para esses outros dois e se forem adaptados da mesma forma podem não serem tão polêmicos, pois não são de gore,  mas será algo que a poucos anos atrás era inimaginável e, se derem certo, podem trazer outras obras como estas para animes e aumentar o número de obras (como mangá ou light novel) desse estilo. Por exemplo:
 

Parallel Paradise

Sinopse: Youta Tada é um estudante do ensino médio que após ver uma criatura estranha vai para outro mundo (típico de isekai), mas nesse mundo só existem mulheres, que por causa de uma maldição morrem aos vinte anos.


A grande diferença de parallel paradise para shuumatsu no harem é que por causa da maldição, as mulheres não conseguem  se controlar quando tocadas por homens e o protagonista começa a se aproveitar disso. 
Essa obra tem grandes chances de ter um anime, devido ao surgimento dos sites "https://parallelparadise.jp" e "https://parallelparadise.net", isso normalmente indica que algo será anunciado, mas não temos nada oficial sobre esta obra.

Esse poderia ser o ressurgimento dos ecchis em uma forma mais pesada do que antes? Como as plataformas de stream vão reagir a isso? já que normalmente só a Netflix costuma adicionar ao seu catálogo esse tipo de anime?!! - isso só o tempo dirá.



0 comentários:

Postar um comentário

O melhor anime de IA da atualidade